Saiba como limpar o nome para comprar bens

Saiba como limpar o nome para comprar bens

Saiba como limpar o nome para comprar bens

De acordo com os dados mais recentes da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), mais de 60% dos brasileiros possuem algum tipo de dívida pendente aém do que podem pagar.

Quando isso acontece, o indivíduo fica negativado ou, em denominação mais comum, fica com o nome sujo. Pensando nisso, preparamos esse texto com dicas para evitar que o seu nome fique sujo e, ainda, sugestões para quem pretende limpar o nome.

Continue a leitura e confira.

Por que evitar ter o nome sujo

Até que se regularize a situação, a pessoa com o nome sujo passa por diversas restrições, como:

● Fica impedido de obter mais crédito;

● Mantém pontuação baixa (‘score’) para futura concessão de crédito, seja para comprar um carro, imóvel ou bem de alto valor a partir do financiamento;

● Em muitos casos, fica sujeito à consulta por terceiros. Isso pode ser prejudicial quando se está à procura de emprego, por exemplo. Alguns recrutadores optam por não contratar pessoas com o nome sujo.

Se você está com o nome sujo e está investindo no consórcio, também pode sofrer algumas restrições.

Por exemplo, você não pode ser contemplado com o bem enquanto não limpar o nome. Isso porque, neste momento, a administradora faz uma análise de crédito.

Essa medida tem o objetivo de evitar a inadimplência e, consequentemente, prejudicar os demais integrantes do grupo de consorciados.

Dicas para limpar o nome

O primeiro passo é ter ciência do tamanho da sua dívida – seja com alguma loja ou instituição financeira.

Caso a dívida seja muito alta, você pode optar por negociá-la. Se você realizou um empréstimo, por exemplo, e pretende pagar em diversas prestações, provavelmente terá que pagar com um alto valor de juros.

Especialistas em finanças pessoais recomendam quitar a dívida à vista. Além de reduzir significativamente os juros, seu efeito é imediato: em até 3 dias você já fica com o nome limpo.

Para isso, é preciso organizar sua vida financeira. Após entender o valor total da dívida, tente fazer uma reserva mensal que garanta seu efetivo pagamento.

Se o valor for muito alto, tente fazer um acordo. Veja a quantidade de parcelas e o valor que melhor se encaixa com o seu orçamento.

A partir do momento que você realiza o pagamento da primeira parcela do acordo, seu nome fica limpo. Para que se mantenha dessa forma, é preciso continuar pagando a dívida.

Consulta de nome sujo

Alguns órgãos de proteção de crédito, como o Serasa, possuem serviço gratuito que permite visualizar se o seu nome está sujo ou não. Para isso, basta acessar a ferramenta Limpa Nome.

Por essa ferramenta você consegue visualizar o tamanho da dívida e pode realizar todo o procedimento para negociar a dívida diretamente por lá.

Caso as propostas de negociação não agradem, fale com o gerente da instituição financeira em que está a sua dívida.

Muitas vezes elas são repassadas para outras instituições, que ‘compram’ a dívida do banco. Elas podem oferecer condições mais atrativas para quitação (geralmente essas instituições ligam cobrando a dívida).

Além de conseguir mais crédito na praça e recuperar a possibilidade de compra de bens de alto valor, ter o nome limpo certamente vai deixá-lo mais tranquilo.

Aproveite esse momento para desenvolver sua educação financeira e fazer um uso mais inteligente do seu dinheiro. Para saber mais sobre este assunto, baixe o nosso e-book "Educação Financeira: passo a passo para você ficar craque".

Últimas Postagens

Faça sua festa de casamento com consórcio

Fazer sua festa dos sonhos é possível se você optar pelo consórcio.

Conheça o UP: Consórcio sem taxa de administração

No UP Consórcio a taxa de administração só é cobrada após a contemplação.

Assembleia de consórcio: para que serve?

As assembleias realizam o sorteio das cotas, além da contemplação via lance.

Como planejar uma cirurgia plástica

Descubra como obter recursos para realizar um procedimento estético.

5 carros mais econômicos para usar no dia a dia

Confira 5 modelos de carros econômicos para usar sem comprometer o seu bolso.

Como comprar casa sem entrada?

Conquiste a casa própria sem juros e parcelas intermediárias com prazos longos.
Próximo
1 / 10