Como mudar a categoria e valor da carta de crédito

Como mudar a categoria e valor da carta de crédito

Como mudar a categoria e valor da carta de crédito

É comum que um consorciado queira mudar de categoria enquanto está pagando suas mensalidades. Por exemplo, se está investindo em uma carta de crédito para um automóvel, alterar para uma carta de imóvel.

Isso pode acontecer por diversos motivos: o consorciado mudar de ideia ao planejar a compra, passar por grandes mudanças na vida pessoal e profissional ou, até mesmo, constituir família enquanto paga as parcelas.

Afinal, o consórcio é um planejamento a longo prazo, e mudanças nos planos, às vezes, são inevitáveis.

Por mais que seja considerada uma modalidade flexível, não é possível fazer a mudança de categoria de compra de um consórcio. Entretanto, é possível mudar o valor final da carta de crédito.

Ou seja, se você investiu em um automóvel de R$ 40 mil, pode aumentar ou diminuir este valor. Vale o mesmo para as demais categorias, desde que não haja mudança no produto que deseja adquirir com a carta.

A seguir, vamos explicar como funciona essa mudança.

Como aumentar o valor da carta de crédito

Para fazer a mudança do valor da carta de crédito, é preciso entrar em contato com a administradora. Ela avalia a quantidade de parcelas pagas e recalcula o quanto falta, para ser abatido nas parcelas seguintes.

Por exemplo, ao solicitar o aumento da carta de crédito de automóveis de R$ 40 mil para R$ 200 mil, a administradora avalia se você permanece no mesmo grupo.

Isso porque todos os integrantes de um mesmo grupo esperam ser contemplados por bens de valores semelhantes. Se for confirmada a permanência, o valor que deve ser pago é recalculado e virá nas próximas mensalidades.

Importante: só podem alterar o valor da carta consorciados que ainda não foram contemplados.

Como diminuir o valor da carta de crédito

O procedimento é o mesmo para diminuir o valor da carta de crédito: não pode ter sido contemplado e precisa de uma avaliação da administradora em relação ao grupo.

Por exemplo: se você já pagou o equivalente a R$ 20 mil em um consórcio de automóveis, e deseja efetuar a troca para uma carta de crédito de R$ 30 mil, só arca com os R$ 10 mil nas próximas mensalidades.

Lembrando que, no caso específico do UP, você fica livre da taxa de administração até ser contemplado.

E se eu escolher um bem com valor menor que a carta de crédito?

Digamos que você investiu em uma carta de crédito para automóveis de R$ 40 mil, mas escolheu um modelo de R$ 36 mil. Isso não quer dizer que você perde os R$ 4 mil restantes.

Esse valor pode ser utilizado para despesas com documentações, por exemplo.

O mesmo vale para as demais categorias, contanto que não ultrapasse 10% do valor total da carta de crédito.

E aí, tirou suas dúvidas sobre como mudar o valor da carta de crédito pelo UP? Assine a nossa newsletter e receba na sua caixa de entrada artigos sobre finanças pessoais.

Últimas Postagens

Parcelar ou pagar à vista: qual a melhor opção?

Descubra quando escolher cada opção com base na necessidade e poder de crédito.

Casa ou apartamento: qual é o melhor pra você?

A melhor opção é a que se encaixa ao seu estilo de vida. Saiba como escolher.

Confira as vantagens do consórcio e saiba por que fazer

O consórcio é uma possibilidade de comprar um bem de forma parcelada, sem juros.

Dê um Up na autoestima com o consórcio de Cirurgia Plástica

Para investir em uma cirurgia plástica, a melhor opção é o consórcio de serviços

Carros Uber: melhores modelos para o trabalho

Confira os melhores modelos de carro para quem deseja ser motorista do Uber.

Como planejar suas férias com consórcio de viagem?

Saiba como o Consórcio pode te ajudar a realizar suas férias dos sonhos.
Próximo
1 / 11