10 coisas para comprar com consórcio

10 coisas para comprar com consórcio

10 coisas para comprar com consórcio

Investir em um carro, casa, faculdade, festa, viagem ou mesmo intercâmbio não é uma decisão assim tão simples. São produtos e serviços de altos valores, que exigem um bom planejamento para que não se tornem um grande peso financeiro lá na frente.

É preciso analisar o valor a prazo daquilo que realmente queremos e as condições para seu pagamento.

Trata-se de um trabalho minucioso, que envolve todas as pessoas responsáveis pelas finanças no seu lar.

Decisões desse tipo envolvem:

1 - o cenário atual (quanto eu ganho? Quanto posso gastar? Vai comprometer demais meu orçamento?);

2 - o cenário futuro (há possibilidade de crescimento na empresa? Por quanto tempo minha renda será fixa? Terei mais filhos?).

Consultar o preço do bem que deseja comprar ou somar todos os custos envolvidos em uma festa ou durante a faculdade, por exemplo, é apenas o primeiro passo.

Depois de definir o que realmente quer comprar, vem o passo mais complicado: escolher como pagar.

As opções mais procuradas costumam ser:

● Financiamento: você faz um empréstimo com uma instituição financeira. Após avaliação de sua renda e patrimônio, ela ‘libera’ o dinheiro para que você tenha o bem em mãos e cobra este valor de forma parcelada. Este valor possui alto percentual de juros e só passa a ser dividido após um bom valor de entrada (de, no mínimo, 10% do bem).

● À vista: se você tem o dinheiro do valor total do bem, pode comprá-lo de uma vez, sem ter que pagar parcelas.

● Consórcio: a partir dessa opção, você não precisa pagar juros, nem entrada para a conquista do bem. Após selecionar o valor da carta de crédito, você paga as mensalidades (ou seja, investe em uma cota) e participa de assembleias mensais, em que pode ser sorteado ou ofertar um lance.

A seguir, vamos explicar como funciona tudo que envolve o consórcio e como você pode usar a sua carta de crédito.

Como funciona o consórcio?

O consórcio é a melhor maneira de você adquirir seu próximo bem por ser flexível ao seu orçamento. Diferentemente do financiamento, não existe cobrança de juros, taxas intermediárias ou valor de entrada.

Funciona da seguinte maneira: primeiramente, você faz uma simulação do valor do bem. Depois, verifica o valor das mensalidades e a quantidade de parcelas.

Um especialista tira as suas dúvidas e entrega um contrato, com todas as cláusulas de como funciona.

Depois disso, você entra em um grupo, administrado pela empresa que você escolheu. Esse grupo reúne pessoas que têm interesse em um bem semelhante ao que você selecionou.

Se você decidiu investir em uma cota de consórcio de automóveis de R$ 40 mil,  por exemplo, significa que estará em um grupo com outros participantes que também querem um carro de valor aproximado ao que você escolheu.

O dinheiro que você e os demais consorciados pagam nas mensalidades é aplicado em um fundo comum, administrado pela empresa de consórcio, que precisa ser autorizada pelo Banco Central.

Como são as assembleias

Todos os meses são realizadas assembleias, em que serão sorteados a carta de crédito que corresponde ao bem selecionado. A carta de crédito, no caso, é o valor total que simboliza o bem que você selecionou.

Existem duas formas de ser contemplado em assembleia:

● Sorteio: todos os participantes de um grupo de consórcio estão sujeitos ao sorteio na assembleia. No caso do Up, é realizado pela Loteria Federal, para garantir segurança a todos. Quem for sorteado adquire o bem.

● Lances: se você quiser antecipar a compra do seu bem, pode fazer a oferta de um lance. Até o dia que antecede a assembleia, você registra um valor que pagaria para ter o bem mais rapidamente. Se o seu valor for maior, você realiza a transferência para a administradora e adquire a carta de crédito. Mas, se fizer a oferta do lance e não for contemplado, não se preocupe: seu dinheiro não será debitado.

Vantagens do Up Consórcio

Se você escolher o Up para investir em seu próximo bem, tem vantagens adicionais.

Considerado a evolução do consórcio, o Up facilita na hora de fechar o contrato e oferece condições exclusivas. Veja quais são.

Taxa de administração

Você não paga o valor da taxa de administração, que remunera as empresas de consórcio, até a contemplação.

Isso significa que, se você investir em uma carta de crédito de imóvel de R$ 150 mil, em 100 mensalidades, paga o valor de R$ 1.500 até ser contemplado.

Após a contemplação, a taxa de administração, diferente dos juros (que costuma ser variável), já é definida da seguinte forma:

      Crédito       = valor + 0.35% (imóvel) ou valor + 0.45% (automóvel e serviço)

Prazo restante

Exemplificando: se você pagou R$ 1.500 até ser contemplado em um consórcio imobiliário, este valor passa a ficar R$ 1.505,25.

Fundo de reserva

As administradoras convencionais também costumam cobrar o valor de fundo de reserva, para garantir o pleno funcionamento do grupo e cobrir despesas emergenciais, como inadimplência ou mesmo para casos em que falta dinheiro para as contemplações de um curso. É um custo diluído nas mensalidades.

Porém, nem todas as administradoras cobram este valor. No Up, por exemplo, você fica livre de pagar fundo de reserva.

O que fazer com o consórcio

A seguir, veja 10 coisas que você pode fazer ao investir em uma carta de crédito pelo consórcio.

1) Comprar um imóvel

O consórcio é uma ótima opção se você deseja investir em seu primeiro imóvel, uma casa de veraneio, casa no campo ou até mesmo um empreendimento.

Diferentemente do financiamento, não é preciso pagar o equivalente a 10% de entrada ou parcelas intermediárias (como acontece na compra de apartamentos, por exemplo, antes de receber as chaves).

Para contratar, basta fazer uma simulação, escolher o valor da carta de crédito e ajustá-lo à quantidade de parcelas.

No Up, é possível selecionar uma carta de crédito entre R$ 120 mil e R$ 240 mil, divididos em até 180 meses. Como não há cobrança da taxa de administração antes de ser contemplado, se você optar por uma carta de R$ 200 mil em 100 meses, paga R$ 2 mil na mensalidade.

Se você estiver investindo em seu primeiro imóvel, pode usar os recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Após dar entrada na Caixa, você pode usar o valor para:

● Amortizar o saldo devedor

● Pagar parte das parcelas do consórcio de imóveis (contanto que o valor debitado da conta não ultrapasse 80% do total).

● Fazer oferta do lance: para isso, é preciso entrar em contato com o Up e, se for o contemplado, realizar o pagamento em até cinco dias.

Com a contemplação, você adquire poder de compra à vista. Ou seja, se escolheu uma casa avaliada em R$ 200 mil, pode quitá-la já com a carta de crédito em mãos.

Se você escolher um imóvel de valor mais elevado, sem problemas. Você pode usar a carta de crédito para quitar um bom percentual do imóvel e pagar o restante com os seus próprios recursos.

Vale lembrar que a carta de crédito não é depositada na conta do consorciado. Após uma avaliação por parte da administradora, você indica o proprietário ou construtora, para que o repasse seja feito.

Isso significa que é necessário eliminar as pendências financeiras e estar com as parcelas em dia, para que não haja problemas na contemplação. Você pode começar a pagar o Up com nome sujo, por exemplo, mas precisa resolver essa situação antes de ser contemplado.

Pelo consórcio imobiliário do Up você pode comprar:

● Apartamento na planta

● Apartamento já construído

● Casa já construída

● Terreno

● Empreendimento

up-consorcio-imovel

2) Comprar um carro novo

O consórcio de automóveis não é amplamente selecionado à toa: você se livra dos altos juros, não precisa pagar valor de entrada e tem poder de compra à vista ao ser contemplado.

Por isso, se você não tem pressa de ter o novo automóvel, o Up é a melhor solução.

Afinal, existe o benefício adicional de não ter que pagar fundo de reserva (comum nas demais administradoras de consórcio), além de pagar a taxa de administração somente após a contemplação.

Você pode selecionar uma carta de crédito entre R$ 30 mil e R$ 120 mil, que pode ser dividido de 36 a 80 parcelas.

Com o tempo, a carta é corrigida pela inflação, resultando em um valor mais elevado lá na frente.

Como já é comum na categoria, você pode fazer a oferta do lance se quiser ser contemplado mais rápido. Com a carta de crédito em mãos, você informa ao Up a concessionária em que deseja adquirir, para que seja realizada a transferência.

Se o valor da carta for maior que o valor do carro, você pode usar o saldo restante para despesas com documentação e transferência - contanto que este valor não ultrapasse 10% do total da carta de crédito.

Mas, se você optar por um modelo de valor mais elevado, também pode usar a sua carta. Porém, terá que quitar o valor restante com seus próprios recursos.

3) Comprar um carro usado

Pelo consórcio de automóveis, você também pode investir em um carro usado. Entretanto, ele só pode ter, no máximo, três anos de uso.

Em caso específico de carros antigos para colecionadores, também é possível usar a carta de crédito. É preciso informar o modelo, ano e condições com antecedência, para ver se está adequado à avaliação do Up.

Para um carro usado, aplicam-se as mesmas regras de um consórcio de carro zero. A vantagem é que um seminovo apresenta menor índice de desvalorização.

Sem falar que, com o valor que você investe em um carro novo, você pode adquirir um seminovo de categoria mais elevada ou até mesmo com mais itens (ar condicionado, banco de couro, trava elétrica etc), geralmente ausentes nos modelos mais básicos.

Compare os valores e veja qual modelo de carro tem mais a ver com o que você deseja. Se a ideia é trocar de carro em pouco tempo, talvez o usado seja a melhor opção. Mas, se pretende ficar um bom tempo com o mesmo veículo, é melhor considerar um zero km.

up-consorcio-carro

4) Reformar a casa

De acordo com a Associação Brasileira de Administradoras de Consórcio (ABAC), pelo menos 60% das pessoas que realizam consórcio de serviços optam por reformar a casa.

Trata-se de uma modalidade recente no mercado. Com o consórcio de serviços, você pode investir em uma carta de crédito entre R$ 15 mil e R$ 30 mil, que pode ser parcelada entre 20 e 40 meses.

A possibilidade de reformar a casa é atrativa porque, além de dar poder de compra à vista dos materiais que devem ser utilizados, ajuda a organizar as mensalidades, para que nada saia do planejado. Afinal, reformas envolvem muitas improbabilidades durante a execução.

Portanto, é bom fazer um orçamento para, depois, selecionar o valor total da carta de crédito antes de pagar as mensalidades.

5) Fazer uma viagem

A primeira coisa que se tem em mente ao pensar em uma viagem é: será que vou conseguir pagar? Quais são as melhores condições?

Bom, por conta do consórcio de serviços, você também pode investir em uma viagem pelo Up!

Após ser contemplado, você escolhe o destino e a agência de viagens que fará toda a intermediação. Depois de tudo escolhido, você passa a informação à administradora, que fará o repasse, e pronto, já pode se organizar para fazer as malas.

Mas, calma, isso não significa que você precisa viajar logo que for contemplado. O Up dá alguns meses de prazo para você fechar o pacote de viagem. Enquanto isso, o valor da sua carta de crédito permanece em uma poupança administrada pelo Up, gerando rendimentos.

Se a sua viagem tiver um custo menor que a sua carta de crédito, você pode usar o valor remanescente para quitar as parcelas que faltam do consórcio.

6) Fazer uma festa

Você está prestes a ter um filho e já imagina como seria a comemoração do primeiro aninho dele. Ou tem uma filha que não fala de outra coisa a não ser o planejamento da sua festa de debutante.

Seja como for, não importa a festa, já sabemos de antemão que ela pode custar caro. É preciso pensar em roupas, decoração, fotografia, maquiagem, salão, bebidas, comida…

Antes de entrar em modo de desespero, você também pode usar o consórcio a seu favor. Assim como nos demais produtos de consórcio de serviços, você pode investir em uma carta de até R$ 30 mil.

Ao ser contemplado, você comunica ao Up a lista de fornecedores que ficarão por trás do evento. Após aprovação, o valor da carta é utilizado para pagar todos os custos da festa.

Caso sobre algum valor, o dinheiro remanescente pode ser utilizado para quitar as demais parcelas do consórcio.

7) Casamento

O consórcio de serviços é tão amplo que permite até mesmo que você planeje o casamento dos seus sonhos.

Assim como o exemplo da festa, você repassa ao Up todos os fornecedores por trás da sua festa. A vantagem é que, com a carta de crédito, o casal tem poder de compra à vista e pode negociar melhor detalhes como decoração, buffet, vestido ou até mesmo serviços complementares, como dia da noiva e filmagem.

Você também pode planejar a sua lua de mel com o consórcio. Se achar que o valor máximo da carta é insuficiente, fique tranquilo: você pode comprar mais de uma cota e, assim, investir com segurança no momento mais feliz da sua vida!

Ah, e se a contemplação acontecer antes do planejado, sem problemas: o Up mantém a sua carta de crédito em uma poupança e avisa o prazo máximo em que pode retirá-la.

up-consorcio-serviços

8) Estudar

Também é possível investir em estudos com a ajuda do consórcio de serviços.

Seja uma faculdade, colégio particular, cursos de idiomas ou até mesmo cursos mais avançados, como MBA e mestrado, é possível utilizar a carta de crédito para quitar de uma só vez as mensalidades – que não costumam ser baratas.

Antes de selecionar o valor da carta de crédito, veja quanto ficaria para pagar o curso de uma vez só. Depois disso, você pode selecionar o valor da carta e a quantidade de parcelas.

Entretanto, é preciso reforçar: a contratação do Up é uma boa pedida para planejar os estudos.

Isso porque o consórcio é um investimento de médio a longo prazo e, até que você seja contemplado, pode demorar. Portanto, faça bem as contas e avalie o melhor momento para usar a carta de crédito.

Esta opção também é válida para o investimento nos estudos dos filhos, por exemplo. Se deseja se organizar para deixar a faculdade paga assim que ele terminar o ensino médio, pode começar a investir o quanto antes em uma carta de crédito pelo Up.

9) Intercâmbio

Estudar em outro país, além de fortalecer o currículo, é uma experiência que marca a vida para sempre. Entretanto, organizar uma viagem, fechar com uma escola de idiomas ou agência que realiza este procedimento, além de pagar estadia, não sai nada barato.

Para essa finalidade, você também pode considerar o consórcio.

Ao ser contemplado, você informa ao Up a agência de viagens responsável pelo intercâmbio, para que o valor integral da carta de crédito seja repassado.

Caso o valor seja insuficiente, você pode usar seus próprios recursos para complementar. Se o valor da carta for maior, o dinheiro pode ser usado para pagar as mensalidades restantes.

10) Investir

Muitas pessoas procuram o consórcio também para fazer investimento. E, quer saber? Você também deveria considerar essa possibilidade!

Quando você passa a pagar as parcelas de um consórcio no Up, investe em uma carta de crédito que será corrigida com valores inflacionários.

Por exemplo, em períodos em que o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) oscila entre 5% e 7%, pode-se afirmar que se trata de um investimento que rende mais que a poupança.

Ou seja, quando você for contemplado com a carta de crédito, terá um valor superior ao que pagou na totalidade.

Se você costuma realizar um planejamento a longo prazo, o consórcio ajuda bastante. Digamos que você já esteja pensando em investir em um automóvel para a filha que está prestes a completar 18 anos. Você pode fazer isso com muitos anos de antecedência, e garantir que a carta de crédito só seja utilizada quando você desejar.

Enquanto isso, o valor permanece aplicado em um fundo mantido pela administradora. Entretanto, leia o contrato com atenção e fique atento ao prazo máximo para retirada da carta.

Outras maneiras de fazer o dinheiro render a partir do consórcio

Você também pode usar a carta de crédito para a conquista do bem e, em seguida, fazer com que o seu dinheiro renda mais. Confira algumas opções:

● Alugar o imóvel: você pode comprar seu apartamento ou casa e conseguir um bom rendimento ao alugá-lo. Uma dica: considere a compra de um apê na planta: ele pode custar até 30% menos que um já construído e pode ser personalizado - por você ou por quem for comprar.

● Comprar um terreno: também é possível comprar um terreno e, depois, vender para alguém que esteja interessado em construir uma casa ou um empreendimento.

● Comprar uma frota de carros: nos últimos anos, muitas pessoas se tornaram motoristas de aplicativos como 99, Uber e Cabify. De certa forma, isso favoreceu um novo mercado: locadores de automóveis. Como existe a possibilidade de investir em mais de uma cota de consórcio, você pode comprar diferentes modelos e alugar para quem considera se tornar motorista de aplicativo.

● Investir em um negócio: com o consórcio imobiliário, você também pode investir em um empreendimento: loja, mecânica, um local físico para prestação de serviços, enfim, não faltam opções.

● Maquinário: se você já tem um negócio e deseja comprar tratores ou maquinários agrícolas mais pesados, também pode considerar o consórcio.

Pode parecer complicado, mas o verdadeiro objetivo do consórcio é simplificar a sua vida.

Ao investir em uma carta de crédito, você não precisa se preocupar com juros nas parcelas, valores intermediários ou em pagar por um bem que vai custar mais que o dobro do valor a prazo.

Seja como poupança forçada, como uma decisão racional de compra ou até mesmo uma forma de fazer com que o dinheiro renda mais, o consórcio ajuda você na realização do seu sonho.

Entre no site do Up e simule a melhor forma de investir em um consórcio. Você pode ajustar o número de parcelas ao valor da carta de crédito e dar início na conquista daquilo que sempre sonhou, seja para você ou para a sua família.

Últimas Postagens

Parcelar ou pagar à vista: qual a melhor opção?

Descubra quando escolher cada opção com base na necessidade e poder de crédito.

Casa ou apartamento: qual é o melhor pra você?

A melhor opção é a que se encaixa ao seu estilo de vida. Saiba como escolher.

Confira as vantagens do consórcio e saiba por que fazer

O consórcio é uma possibilidade de comprar um bem de forma parcelada, sem juros.

Dê um Up na autoestima com o consórcio de Cirurgia Plástica

Para investir em uma cirurgia plástica, a melhor opção é o consórcio de serviços

Carros Uber: melhores modelos para o trabalho

Confira os melhores modelos de carro para quem deseja ser motorista do Uber.

Como planejar suas férias com consórcio de viagem?

Saiba como o Consórcio pode te ajudar a realizar suas férias dos sonhos.
Próximo
1 / 11